Mensagem do pároco › 08/04/2014

Quando vale a pena

Quando vale a pena

 

Jesus utilizava uma linguagem muito prática para transmitir sua mensagem. As parábolas e as comparações transmitiam com clareza o sentido de sua palavra. Tanto que diziam que ele falava com autoridade. A comparação com o grão de trigo (Jo 12, 24) tem um significado fantástico.

Para dar frutos, o grão de trigo precisa morrer. Qualquer semente precisa de um gesto de gratuidade para que o fruto venha. É uma morte que gera vida, uma transformação, um doar-se para algo muito maior. O trigo fazia parte da alimentação básica do povo do tempo de Jesus (e hoje faz da nossa). Eles entenderam a mensagem.

Jesus na cruz também é doação: foi até as últimas consequências defendendo o projeto de Deus, dando o exemplo que valia a pena dar a vida pelo Reino de Deus. Isso que nos salvou. E vivemos a salvação à medida que morremos para os nossos projetos mesquinhos e egoístas e abraçamos a causa do Reino, a causa da vida, da liberdade e da dignidade para todos, a causa da fraternidade.

Deus ressuscitou Jesus coroando com vitória o gesto de doação. Só vale a pena viver por um ideal, se vale a pena morrer por ele. Jesus mostrou e o Pai confirmou que, pelo Reino, vale a pena. Nós seguimos os passos do mestre…

Boa semana!

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *