Mensagem do pároco › 24/06/2014

Novos tempos

Novos tempos

 

Estava numa cidade do interior, perto da igreja e conheci um homem atuante na paróquia e que trabalha com a terra. Na praça principal da cidade, ele comentou que conheceu aquela praça como um campo com muitas árvores frutíferas e que hoje está toda moderna. E começamos a falar disso, da mudança dos tempos. Ele disse como mexer com a terra hoje é muito diferente do tempo de seu pai, quando se arava com animais. Que se atualmente não se adaptar às novas tecnologias vai levar uma rasteira e não consegue produzir. Mas, que ele não queria que fosse tudo tão rápido, com mudanças tão bruscas e que fazem com que a vida parecesse um corre-corre. Aí, o homem pronunciou uma frase de muita sabedoria: “Eu me adaptei sim a essas novas necessidades, mas não deixo que elas me dominem. Quero uma vida simples, não vou deixar que a ganância me tire a vida ou ter que trabalhar sem parar para ter coisas das quais na verdade não preciso”.

São novos tempos, sem dúvida. E necessitam dessa sabedoria desse idoso senhor, pois corremos o risco de criar necessidades, de sermos dominados pelas mudanças como se precisássemos acompanhar todas. A vida simples, austera, com foco no essencial é um caminho sábio e que gera uma existência mais saudável e com mais sentido. Temos de tomar cuidado com o consumismo exacerbado, com o individualismo, com o relativismo. São desafios da nossa vida cristã, desafios hoje da evangelização como diz o papa Francisco.

Boa semana!

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *