Mensagem do pároco › 11/02/2014

Deus é mãe

Deus é mãe

 

Certa vez fui visitar uma amiga que estava de repouso, com os joelhos deslocados, sendo quase certa a necessidade de serem operados. O incidente aconteceu num passeio com a família. Quando ela descia uma escada do parque, carregando sua filha de três anos, escorregou. Então, ao perceber que cairia, rapidamente fez um jogo brusco como o corpo, virando-se para proteger a menina. As consequências poderiam ter sido piores com a minha amiga, mas sua filhinha não sofreu nada. Uma de suas frases, nesse dia, ficou na minha cabeça: “Para mim, está ótimo, porque minha filha não se machucou”.

Sei que, às vezes, algumas mulheres não estão preparadas e não são boas mães. Mas o gerla em todas as culturas é que elas se desdobrem por seus filhos, tenham por eles um amor inexplicável e realizem façanhas surpreendentes  pelo bem de sua prole. Isso acontece mesmo quando esses filhos são adotados.

O profeta Isaías, séculos antes de Cristo, compara o amor de Deus ao de uma mãe que amamenta. Nosso Deus é amor (1Jo 4,16). Cada vez que experimento e vivencio essa realidade, minha vida renova o sentido e ganho mais força para prosseguir com alegria e esperança, seja qual for a situação. Não se esqueça, Deus o ama como você nem imagina.

Nossa doutrina católica venera de modo especial a mãe de Jesus como nossa mãe. Sabemos que o amor materno amplia-se até os amigos dos filhos. Então, que Maria seja nossa intercessora junto ao Espírito Santo para que experimentemos sempre mais o amor de Deus.

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *